AudiovisualCursos do ClubeDesign

Descubra como se tornar um editor de vídeos

Saiba o que faz um editor de vídeos, como se preparar e o que estudar para se tornar um profissional deste ramo.

É notável que o uso de vídeos na internet tem se expandindo muito com o intuito de divulgação de conteúdo bem como, a geração de tráfico em sites e consequentemente ampliando a busca por profissionais qualificados para edição profissional de conteúdo. Dessa forma, o vídeo passou a ser parte de interesse de marcas pela sua praticidade de retenção de visualização do público pelo atrativo visual e fácil compartilhamento on-line.

Essa prática, alinhada ao crescimento de estratégias de marketing de conteúdo, fez com que empresas começassem a profissionalizar a produção de vídeos buscando pessoal qualificado para as funções, incluindo a de editor de vídeos.

Deseja saber como se tornar um profissional dessa área? Continue lendo este post e saiba tudo sobre a carreira!

O trabalho do editor de vídeos

Você deve estar se perguntando, mas o que faz, de fato o editor de vídeos? Este profissional é responsável por recortar, selecionar e montar cenas de forma coerente. Parece simples, porém não é. Para trabalhar com edição, é necessário ter um olhar aprimorado do storytelling para definir como uma história pode ser contada da melhor maneira possível através das cenas que se tem.

Estão entre as oportunidades para o editor de vídeo profissional trabalhar, podemos destacar: produtoras de TV, produtoras de filmes e dentro de setores de comunicação de empresas; as agências de marketing e publicidade e assessorias de imprensa. Para se qualificar nesse mercado, não é necessário ser bacharel em Comunicação ou Produção Audiovisual, em geral esses cursos apresentam o conteúdo, mas não focam na realização da edição.

Preparação para ser um editor de vídeos

O mercado cada vez mais competitivo, busca pessoas capacitadas nos principais programas de edição, como Adobe Premiere. Contudo, além do conhecimento técnico dos programas, o profissional deve ter muito conhecimento de áudio, roteiro, câmeras, tratamento de imagem e linearidade para dar a direção correta a demanda de trabalho.

Todavia, o editor pode buscar por conhecimentos de animação, especializando-se para atender o mercado de vinhetas e pós-produção. Entre os programas, o mais conhecido é o Adobe After Effects e ToonZ.

Um bom trabalho de edição garante sucesso a maioria dos filmes e, até mesmo canais do YouTube. Viabiliza uma narrativa atraente, linearidade e profissionalização. Todo vídeo que inicia com um roteiro bem estruturado e finaliza com uma edição feita por um profissional capacitado tem muito mais chances de dar certo e ser reconhecido.

Dedicação à carreira

Depois de adquirido o conhecimento fundamental para se tornar editor de vídeos, é importante:

  • Qualificar-se: O mercado de tecnologia muda constantemente e estão sempre surgindo novidades na área. É essencial estar disposto para conhecer técnicas atuais e novos programas.
  • Elaborar um portfólio: Mesmo que no início seja difícil produzir o portfólio, una forças com colegas e amigos para criar vídeos e demonstrar seu trabalho na prática. O portfólio é tão importante quanto o currículo, pois é onde o empregador verá seu conhecimento na área e como ele é aplicado. Contudo, deixe no seu portfólio apenas os melhores trabalhos e os que expresse a área em que você deseja trabalhar. Se o interesse é trabalhar com 3D, não deixe seus trabalhos 2D em destaque. Sempre ressalte seu conhecimento na área de interesse.
  • Estar atento às tendências: Linhas de trabalho de design atuam diretamente na produção de vídeos e na pós-produção. O editor de vídeo deve sempre manter-se conectado com as tendências, conceitos e uso de tecnologias e plataformas. Isso pode atingir diretamente em como vídeos são recebidos e melhorar suas performances com o público-alvo. Uma boa sugestão é estar atento às novidades destacadas no YouTube e Vimeo. Isso assegura um bom início de como se preparar para tendências mundiais de filmmaking.
É essencial estar disposto para conhecer técnicas atuais e novos programas.

Modalidade de jornada de trabalho

Após a inserção no mercado de trabalho, há uma segunda decisão a se tomar: a forma de trabalho. As principais são:

Emprego fixo: Como na maioria dos empregos, o editor de vídeos pode ser admitido por uma empresa e trabalhar internamente com vídeos. Isso tem suas benefícios, como salário fixo, estabilidade e melhor planejamento financeiro. Entretanto, em relação à produção, a proximidade com os superiores, produtores e diretores da organização também favorecem a comunicação e possibilidade de participar de decisões dentro da produção.

Freelancer: Isso já uma realidade para muitas pessoas que optam em trabalhar por conta, de casa, tendo seus próprios clientes. Porém, junto com a comodidade, há responsabilidades e problemas. Primeiro, a instabilidade financeira, pois, sem planejamento do profissional, pagar as contas pode ficar mais difícil em períodos com menos trabalhos.

Por outro lado, ter seus próprios clientes pode facilitar a comunicação com eles e proporcionar maior engajamento no trabalho. Caso a prestação de serviço não seja para o cliente direto, mas para agências ou produtoras, essa aproximação não existe, e o trabalho pode se tornar mais automático, mas ajuda a manter contatos para atividades futuras.

A maior parte dos editores de vídeo costuma unir essas modalidades para ter maior estabilidade e melhor posicionamento nos trabalhos. Assim é possível diversificar o portfólio, abrangendo clientes de várias áreas, melhorando as habilidades (com desafios vindos de diferentes mercados) e fazer networking, o que garante crescimento profissional no mercado da comunicação como um todo.

Portanto, se deseja optar pela carreira de editor de vídeos, o Clube do Trabalhador pode te ajudar! Você poderá se capacitar nos programas Adobe Premiere usando o curso de design.

O curso de Adobe Premiere está disponível para o aprendizado e o desenvolvimento das principais técnicas e práticas para a produção de vídeos, incluindo pré-produção, produção e pós-produção.

Viste o site e conheça melhor as oportunidades para se capacitar e entrar no mercado de edição de vídeos!

Até o próximo post!

Fonte:

Deixe uma resposta