Melhore sua performance em vendas

Posted Leave a commentPosted in Cursos do Clube, Empreendedorismo, Produtividade, Profissão
Quer melhorar sua performance nas vendas? Apresentaremos neste post dicas sensacionais — e muito simples — de como ser um bom vendedor e alcançar a meta.

Existe uma variedade de aspectos e domínio de algumas técnicas para aqueles que desejam se tornar um ótimo vendedor. Além disso, as virtudes deste profissional são muitas, que iremos apresentar em seguida, juntamente com um roteiro de técnicas de venda que podem fazer de você um vendedor ainda melhor.

Hoje, os vendedores se tornaram um verdadeiro diferencial competitivo de enorme relevância para as empresas. Não é à toa que alguns são disputados no mercado. Quando bem preparados e qualificados, efetivamente podem fazer a diferença na hora de fechar uma venda. Quer saber como ser um bom vendedor e bater a meta todo mês? Então veja algumas dicas práticas de como chegar lá!

 

Tenha informações a respeito de seu possível lead

No caso de vendas B2C, busque o máximo de informações possíveis sobre a empresa e o comprador. Sobre a empresa, normalmente é mais fácil de obter. Pesquise no site, por exemplo. É muito importante estar ciente da situação da empresa no mercado e seu poder de barganha.

Além disso, antecipe-se à reunião e já descubra as possíveis soluções que sua empresa pode ofertar a outra, apresentando alternativas, preços, condições de financiamento e o máximo de dados que puder levar para evitar ter que consultar alguém e ter que remarcar a reunião por não estar preparado.

Conheça e entenda também a pessoa com quem vai conversar. Seu estilo de negociação, seu jeito de ser, suas preferências pessoais, posição na empresa, relações familiares, nível econômico entre outros.

Tais dados podem auxiliar não só a ordenar seu discurso e argumentos de venda, como também gerar ganchos para uma boa conversa, construindo compreensão e promovendo o rapport. Se não conhecer o comprador pessoalmente de outras ocasiões, procure em mídias sociais ou tente achar informações com colegas de trabalho.

 

Se inspire nas experiências de outros vendedores

Não se intimide para pedir ajuda e aproveitar as oportunidades que você tiver de ter o seu trabalho facilitado. Por isso, use toda a ajuda disponível.

Por exemplo, escolha boas técnicas de vendas que o tornem mais produtivo e ajudem a aumentar a eficiência do seu processo.

Além disso, observe vendedores mais experientes e peça conselhos quando for apropriado. Mesmo ações que parecem pequenas certamente vão fazer a diferença e irão lhe dar subsídios para se tornar um profissional mais completo e confiante.

 

Compreenda seu produto em todos os aspectos

Nenhum cliente confia em um vendedor que não tem segurança no produto que está ofertando e pior ainda é o caso de quem ao menos sabe do que está falando.

Por isso, faça questão de conhecer cada detalhe do produto ou serviço que vende, pois isso é essencial para passar confiança aos clientes.

Aprender sobre todos os aspectos, funcionalidades e características do produto ou serviço é fundamental tanto para responder a dúvidas que a pessoa possa apresentar quanto para oferecer dicas valiosas de como ela pode solucionar uma dor ou o valor agregado que pode proporcionar ao lead.

 

Aprenda técnicas para identificar cada tipo de cliente

Se conhecer o produto é importante, entender como o cliente age e pensa não fica atrás, pois isso lhe proporciona uma situação favorável, com algumas vantagens.

Uma delas é a oportunidade de personalizar melhor a sua abordagem e focar nos pontos de maior interesse para a pessoa, fazendo com que ela se sinta mais confortável para prosseguir com a negociação.

Conhecer o consumidor envolve responder algumas perguntas: quais são os motivos que o levariam a comprar de você? Quais seriam alguns obstáculos que poderiam dificultar o acordo?

O bom vendedor é capaz de identificar o tipo de cliente e suas características.

 

Seja empático

Empatia é a habilidade de se colocar no lugar de outros, e é crucial que você saiba como fazer isso para aprender como ser um bom vendedor.

Ninguém gosta de lidar com uma pessoa que só pensa em vender, vender e vender e não identifica as necessidades do cliente. Um bom profissional é capaz de levar em consideração do consumidor na hora de ofertar seu produto. É por isso que o Clube do Trabalhador preparou um curso online voltado para você que já trabalha com vendas ou que está iniciando neste ramo, para que assim, possa vender valor e persuadir (no bom sentido) o consumidor que seu produto ou serviço é o melhor para atender aos anseios dele.

Por outro lado, por se esforçar em entender os motivos que levam o cliente a não fechar negócio, você conseguirá encontrar soluções e respostas melhores, e oferecer acordos que sejam bons para ambas as partes.

 

Seja mais persuasivo

Como já mencionado no item acima, a persuasão, ou seja, o poder de convencer as pessoas, é uma arte que vai transformar da água para o vinho o seu potencial de vendas.

Pensando bem, podemos dizer que na maioria das vezes o cliente deseja ser convencido. Isso significa que ela encontrou a oferta ideal, que se encaixa nas suas necessidades.

A boa notícia é que a persuasão pode ser aprendida. Então, se concentre a cada dia em técnicas que o ajudem a ser mais persuasivo, o que vai te levar a conseguir acordos mais vantajosos. As referidas técnicas você pode conhecer, aprender e colocar em prática fazendo o curso online ‘Persuasão em Vendas’.

 

Honestidade vale ouro …. Pratique

Você pode tentar convencer seu cliente a adquirir seu produto ou serviço, mas precisa ser muito honesto com as pessoas em relação a todos os aspectos que permeiam o ato da venda. É fato que a profissão de vendedor ainda possui um resquício desagradável por conta das más práticas que muitos insistem em seguir.

Uma delas envolve a ideia de que para vender bastante é preciso enganar os clientes e fazê-los comprar mais do que realmente precisam, ou em alguns casos até adquirir um produto que não será de ajuda alguma.

Não tenha esse comportamento: seja honesto com todos os clientes, mesmo que isso lhe custe algumas vendas.

O resultado será que os clientes que realmente atrair serão mais leais e acabarão até atuando como promotores do seu trabalho.

Seja sempre honesto com seu cliente.

 

Pratique a escuta ativa

Não seja aquele vendedor que fala sem parar, que parece um trem desgovernado e sem freio, na ilusória tentativa de impressionar o cliente ou vencê-lo pelo cansaço. Essa tática até pode funcionar com algumas pessoas, mas não é um bom modelo a seguir.

Mais importante é aprender a ouvir o que os clientes têm a dizer. Ouça atentamente suas dúvidas, problemas, objetivos e então responda com algo relevante, enaltecendo que seu produto poderá auxiliar na solução de problemas e também trará vantagens ao consumidor.

Esse tipo de gesto cria uma identificação profunda com o cliente, que surtirá efeito quando chegar a hora dele decidir.

É preciso saber ouvir o que o cliente deseja.

 

Busque o sucesso dos seus clientes

Um vendedor comum trabalha pela venda, mas um profissional diferenciado vai além disso, e visa o sucesso dos clientes. Por quê?

O raciocínio é bem simples: o sucesso do seu cliente é também o seu sucesso, então à medida que ele conquistar bons resultados com o produto que você vendeu, a tendência é que continue comprando. Qual melhor propaganda do que um cliente fiel e satisfeito com seu trabalho e produto? Até o presente momento desconheço algo que tenha mais efeito positivo do que consumidor feliz.

Mais ainda, é possível criar casos de sucesso ou pedir depoimentos que serão muito úteis como provas sociais em seu site ou em negociações futuras.

 

Tenha foco também no pós-venda

Talvez você imagina que o pós-venda não se enquadra tão bem no papel do vendedor, já que deve ser realizado por outro profissional.

Entretanto, não é bem dessa forma. Inclusive, pensando de forma prática, um pós-venda bem feito pode resultar em vendas futuras, então está diretamente ligado à fidelização.

Sendo assim, todo vendedor que se preze deve procurar sempre fidelizar seus clientes, já que isso facilita o seu trabalho no futuro e aumenta suas chances de bater (ou ultrapassar) as metas. Tudo isso adotando ações simples, como: ligação ou e-mail para o cliente perguntando se o produto está atendendo as necessidades, se está cumprindo o que foi proposto e etc.

 

Dica bônus – Esteja sempre bem capacitado

Algo fundamental a destacar é que mesmo depois de se tornar um bom vendedor não há espaço para acomodação. Não existe técnica infalível ou método que funcione para sempre.

Com isso em mente, continue atento ao que acontece no mercado e busque formas de continuar relevante com o passar do tempo. Como fazer isso?

Acompanhe blogs de vendas, baixe materiais que enriqueçam o seu conhecimento no assunto, aprenda com erros passados e com o que outros estão fazendo de novo, busque por qualificação profissional de qualidade.

Agora você já sabe como ser um bom vendedor, basta colocar em prática essas sugestões, conhecer o curso online ‘Persuasão em Vendas’ do Clube do Trabalhador e continuar atento a tudo que puder melhorar com o objetivo de fechar mais vendas. Lembre-se de que leva tempo até desenvolver bem todas essas habilidades, mas a prática leva a excelência!

Até o próximo post!

 

Fonte

Como Criar Seu Curso Online

Posted Leave a commentPosted in Empreendedorismo, Marketing Digital

A ideia de  como criar seu um curso online surge no contexto do avanço da Internet a cada dia no Brasil, em termos de qualidade, velocidade e preço, mais e mais pessoas estão procurando cursos online. Como uma grande aliada às mais diversas instituições que buscam ampliar os seus serviços oferecidos, além de conseguirem escalar seu negócio de maneira eficiente e oferecer cursos para um número infinitamente maior de pessoas, aumentando bastante a receita do negócio como um todo como consequência.

O Clube do Trabalhador tem um programa exclusivo de desenvolvimento de treinamentos junto com parceiros para a oferta de cursos online. Assim que você percebe que domina um assunto e está pronto para ensinar a outras pessoas, você pode começar a procurar por quem são aquelas referências no tema que você agora está buscando abordar, reconhecendo que elas têm maior experiência do que você e que podem fortalecer seu conhecimento antes mesmo de começar efetivamente a criar um curso online.

Muito além disso, existem também muitas pessoas que veem no ensino online uma oportunidade única de começar a empreender um negócio próprio, visto as facilidades que encontram nesse processo e o baixo investimento encontrado em relação a outros tipos de investimentos diversos. Essa é uma afirmação embasada nos dados sobre o mercado EAD, o qual está em franca expansão.

O avanço tecnológico mudou bastante a forma como as pessoas se relacionam entre si e o processo de educação também foi muito afetado. Isso fica evidente ao perceber que cada vez mais o ensino online tem ganhado inúmeros adeptos.

Pensando nisso, para ajudar você a criar seu curso online de forma planejada, organizada e eficiente, este artigo tem a intenção de servir como um guia simples com etapas que você deve percorrer para que esse processo de criação de cursos online se dê da melhor maneira possível, e para que você não cometa possíveis erros apenas por falta de informações.

1- Planejamento

O primeiro passo para que você consiga criar seu curso online diz respeito à etapa de planejamento da produção dos seus cursos. Aqui, você precisa considerar todos os possíveis custos envolvidos na produção de conteúdo EAD, além de estruturar todos os tópicos que deverão estar contidos em suas videoaulas.

Estipule também um tempo que seja adequado à explicação do conteúdo de forma completa, sem faltar detalhes e nem ficar cansativo. A média de tempo ideal para deixar seu aluno interessado no conteúdo é de:

  • 10 minutos para informações curtas, menos densas e pouco aprofundadas;
  • 30 minutos para teorias e demonstrações de práticas de uma forma mais simples e;
  • 60 minutos para teorias mais densas, demonstrações de cases e exemplos completos.

Para que isso seja possível, primeiramente é necessário que você analise a fundo o mercado em que o seu negócio EAD está inserido, os seus alunos em potencial e também seus concorrentes para que você consiga trabalhar de forma mais direcionada e com foco no seu público-alvo, minimizando as chances de possíveis problemas no caminho.

Além disso, é essencial que você faça uma análise completa dos seus concorrentes para avaliar como os mesmos estão atuando no mercado, quais os seus diferenciais e os seus pontos fortes e fracos, sempre pensando em usar essas informações a seu favor e criar um curso online com um diferencial competitivo e focado no que é mais relevante para seus alunos.

Nesse contexto, a etapa de planejamento é considerada uma das mais importantes para o sucesso do seu negócio de cursos online. Logo, dê a devida atenção a essa fase, estude bastante e se organize de forma inteligente e tenha certeza que isso fará a diferença para a sua Instituição de Ensino online.

2 – Produção de Conteúdo EAD

A etapa de produção de conteúdo para cursos online é, sem dúvida, o maior desafio que as pessoas encontram após decidirem iniciar a atuação de cursos EAD. Isso porque a falta de informação acaba por afetar e muito as pessoas.

Nesse sentido, além de fazer um planejamento bem estruturado e eficiente com análises sobre o mercado, concorrência e público-alvo, é importante que você conheça também como, de fato, fazer a produção de conteúdo para cursos online de forma que o mesmo se torne relevante para o seu aluno.

Dessa forma, é necessário que você tenha noção de alguns dos principais problemas encontrados, tais como: quais as melhores práticas de gravação de videoaulas, quais os melhores programas para fazer a edição dos vídeos, bem como algumas dicas simples para fazer com que as suas videoaulas se tornem um sucesso. Conhecer as respostas para essas perguntas é essencial para o seu e-learning.

É importante que você escolha estrategicamente o conteúdo a ser dado.

Um grande ponto fundamental de uma plataforma e-learning é a possibilidade total de interatividade disponível a partir de diversos recursos tecnológicos que proporcionam um excelente meio de comunicação entre um aluno, seu tutor EAD e próprio ambiente de aprendizagem online no que se refere a conteúdos, serviço em si, as etapas de conhecimento, entre outros.

Gravar videoaulas de qualidade é fundamental para que você consiga motivar e engajar alunos da melhor forma possível, além de fazer com que os mesmos absorvam cada vez melhor o conteúdo e o  conhecimento que você deseja transmitir.

Aqui é legal que você saiba que a tecnologia na educação vem se desenvolvendo muito nos últimos anos e o conceito de design instrucional está cada vez mais em foco nesse sentido. Logo, é importante que você, bem como o tutor EAD, tenha noção disso na hora de fazer a produção dos seus cursos online.

3 – Escolha da plataforma e-learning

Se o seu conteúdo já está pronto, tá na hora de pensar na infraestrutura tecnológica por trás do seu projeto.

O ideal é uma plataforma que ofereça todas as funcionalidades para o ensino online.

 Para que o seu conteúdo seja raro e as pessoas queiram pagar por ele, é preciso que você tenha muita atenção quanto à segurança da plataforma que irá hospedá-lo. Afinal, se alguém encontrar um material semelhante e disponível gratuitamente, é possível que ela não pague para ter acesso ao seu.

Não pense que entramos em uma área complexa, já que o seu negócio pode não estar relacionado à tecnologia. Bem, você precisa saber que não é necessário que entenda de serviços de hospedagem, nuvem, criptografia, integração de gateways de pagamento e tantos outros termos técnicos. Hoje, existem plataformas que integram tudo isso de uma única vez e você só precisa se preocupar com o que precisa: seu conteúdo.

O ideal é que você busque no mercado uma plataforma LMS (Learning Management System) que ofereça todas as funcionalidades o ensino online demande para transmitir da melhor forma possível sua identidade e os seus ensinamentos aos seus alunos.

Para ajudar você a escolher a melhor plataforma LMS para o seu negócio EAD, indico aqui o site Clube do Trabalhador, onde você terá acesso às principais funcionalidades de uma plataforma EAD e poderá comparar todos os recursos entre os mais diversos concorrentes no mercado.

Pós venda de qualidade

O ciclo de vendas é algo que, de fato, não tem fim. Ele tem a possibilidade de recomeçar logo após a finalização da compra daquilo que você está vendendo. Até porque, você pode ter outros materiais, produtos ou serviços à venda, certo? Então, quer seja no momento de aquisição ou de término do curso, dê suporte ao seu cliente a fim de obter continuidade no relacionamento com ele. Esse suporte pode ser por meio de um e-mail de agradecimento, sugestão de  produtos suplementares ao que ele adquiriu para enriquecer ainda mais a experiência e o aprendizado, descontos em compras futuras, um questionário de satisfação ou qualquer coisa que ele se sinta valorizado por ter feito negócio com você.

Espero que você tenha gostado do artigo sobre como criar curso online e de fato ele tenha ajudado você a tirar suas dúvidas s

Dê suporte ao seu cliente a fim de obter continuidade no relacionamento com ele.

obre esse processo e faça com que você aja de forma bem estruturada em busca do seu novo projeto EAD a partir de uma solução LMS.

Trabalhe bem essas etapas para que você tenha um conhecimento cada vez mais apurado sobre como criar seu curso online de sucesso e cada vez maiores resultados no seu negócio de cursos online.

Até a próxima!

Aprenda a ganhar dinheiro como afiliado

Posted Leave a commentPosted in Empreendedorismo

Os programas de afiliados continuam a ser um dos mais populares entre as diferentes opções de que dispomos para ganhar dinheiro na internet. As mídias digitais hoje são um dos maiores canais de divulgação para empreendedores digitais, e saber usá-las de forma correta sem parecer chato ou inconveniente com post que só recomendam produtos, ao invés de tentar primeiro ajudar as pessoas, levar conteúdo de qualidade primeiro para depois oferecer produtos, isso pode ser um detalhe fundamental para sucesso nessa atividade.

Pode-se afirmar que um programa de afiliados é visto como uma eficiente estratégia que tem como objetivo impulsionar as vendas de seu e-commerce e a audiência em sua página, ou seja, mesmo faz com que suas formas de lucratividade sejam maiores, pois as pessoas terão mais conhecimento em relação ao trabalho realizado ao acessarem a página e trará maior oportunidades de venda em sua loja virtual.

O perfil do Afiliado

Um Afiliado é alguém que participa de um programa de afiliados a fim de receber comissões pela indicação de produtos de outras pessoas, seja um produto digital ou físico.

O programa de afiliados permite que o afiliado escolha os produtos sobre os mais diversos nichos que ele possa ter interesse. Existem produtos sobre muitos temas diferentes como negócios, culinária, literatura, softwares, apostilas para concursos públicos, cursos técnicos e etc.

Dessa forma é muito provável que você encontre algum produto adequado para promover para sua audiência.

É comum que você veja comissões de 20 a 50% sobre os valores dos produtos. Para receber seu comissionamento o afiliado terá sua conta bancária cadastrada nessa plataforma por onde receberá suas comissões e passará a ganhar dinheiro com afiliação. Ao estares inscrito num produto como afiliado receberá automaticamente um código de afiliação personalizado que permite identificar as vendas e gerar o comissionamento.

Para apresentar esse produto digital opções não faltam: a maioria das pessoas criam blogs relacionados ao produto que promove em questão, mas também atacam através das redes sociais, como Twitter, Facebook, Instagram, Youtube, Grupos e também se utilizam de e-mails.

Enfim, trabalhar como afiliado é uma ótima oportunidade para quem deseja ganhar dinheiro (de certa forma mais rápida) sem precisar investir muito.

https://www.youtube.com/watch?v=xsEJyKBOzYI#action=share

Por onde começar?

É importante que você, antes de começar, pense onde você quer atingir. Mas tem que ser um nicho que, obviamente, tenha renda. Precisa ser algo que você se identifica, que faça parte da sua vida tentando focar em um nicho específico para otimizar o trabalho.

Antes de começar a promover, conheça bem o produto e suas características. Fique à vontade para entrar em contato com o vendedor (instrutor), trocar idéias, ou até mesmo solicitar uma amostra do produto caso não tenha intenção de adquirí-lo.

Para iniciar seu processo de ganhar dinheiro com afiliação é interessante preparar conteúdos relevantes e estratégicos nas redes sociais. Faça uso de outros sites e blogs do mesmo nicho do produto e verifique possibilidades de divulgação nestes locais, tais como banners, e-mail marketing para base de usuários, etc, agregando na conversão e sendo capaz de gerar resultados incríveis para um negócio, mas eu preciso dizer que esse resultado não vem do dia para noite, é preciso muito trabalho para criar conteúdos relevantes e suficientes para serem indexados nos mecanismos de busca e também para que as pessoas se sintam seguras em se inscrever na sua lista e comprar que você indica.

Faça e mantenha contatos.

 

Como ser um afiliado de sucesso?

Saiba que para ter sucesso com programa de afiliados e ganhar dinheiro com afiliação online pode levar um pouco de tempo e esforço, mas tenha plena certeza que o resultado será extremamente gratificante valendo cada gota do seu suor.

Para você ser um grande afiliado, você tem que trabalhar mais que todo mundo. É muito simples. Assim como qualquer coisa na sua vida, não adianta querer trabalhar só das 9h às 17h que não vai funcionar. Quanto mais você trabalhar, mais resultado você vai ter. Essa é a realidade da vida. – Flávio Lima, co-fundador e CEO da EMD Growth Hacking.

Sobretudo,  é fundamental acreditar no que você está fazendo. Saber o que está fazendo e conhecer com quem você está se comunicando visando sempre construir bases sólidas de relacionamentos com as redes e principalmente com seu público.

Faça uso de sites e blogs, redes sociais, banners, e-mail marketing para atingir seu público alvo.

Se faz necessário produzir conteúdo, chamados de “tráfego de qualidade”, esse é o combustível que dará condições para você ganhar dinheiro com afiliação na internet, para obter este tipo de tráfego você deve ir de encontro aos locais onde há pessoas mais propensas a consumir uma oferta que você tem, por exemplo: fazendo divulgação no Yahoo Respostas, em Grupos de Discussão, em Grupos no Facebook, lembrando que estas são apenas algumas dicas para abrir sua mente para obter tráfego de qualidade e lucrar mais com afiliados.

Em suma, para quem está começando irá ter muito trabalho e pouco retorno. Mas manter a frequência e persistir podem trazer bons resultados.

 

A autoaprendizagem para uma carreira promissora

Posted Leave a commentPosted in Empreendedorismo, Produtividade

Qual é a única habilidade que promete pagar suas despesas no futuro?

O escritor de negócios Tom Peters disse certa vez: “Uma carreira é um portfólio de projetos que lhe ensinam novas habilidades, ganham novos conhecimentos, desenvolvem novas capacidades, desenvolvem seu círculo de amizades e constantemente reinventam você como uma marca”. Na tentativa de destacar-se em meio à multidão, se reinventar e aprender são tarefas fundamentais que facilitam o crescimento pessoal. São os alunos, aqueles que estão dispostos a abrir suas mentes e aumentar suas habilidades, que estarão preparados para ter sucesso no futuro. No entanto, no meio da busca por segurança e conforto, acho que muitas vezes perdemos de vista o que é importante e entramos em uma espécie de zona de conforto que pode levar à estagnação. Depois de um longo dia de trabalho, o Netflix soa mais sedutor do que passar uma ou duas horas mergulhando em um livro ou em um curso que desafia você a pensar.

Na era da globalização, as empresas e os empregos sobem e descem em questão de meses sendo comum ouvir sobre mudanças drásticas de carreira, como um diretor se tornando um instrutor de ioga ou alguém deixando um emprego que tivera por uma década para seguir com sua arte.

Ao desenvolver o hábito de estudar e buscar por novos conhecimentos, você não só aperfeiçoa suas habilidades atuais como desenvolve novas competências enquanto agrega mais valor a sua formação profissional.

Aqui estão algumas maneiras de estimular e sustentar uma paixão pelo aprendizado:

Aproveite os recursos educacionais gratuitos.

“Como você pode desperdiçar mais um dia sem aproveitar as maiores mudanças de nossa geração? Como ousa se contentar com menos quando o mundo tornou tão fácil para você ser notável?” – Seth Godin

A tecnologia nos transformou em excelentes coletores de informação. Com livros, podcasts, blogs, cursos on-line e ferramentas que permitem aprender sobre qualquer assunto. As ferramentas e plataformas que facilitam autoaprendizagem estão crescendo a cada dia fornecendo conteúdo inestimável para nossa educação. Tire vantagem deles!

Explorar assuntos não relacionados.

“Insights criativos geralmente ocorrem fazendo conexões incomuns: vendo analogias entre ideias que não foram previamente relacionadas. Todas as nossas ideias existentes têm possibilidades criativas. ” – Sir Ken Robinson

Se você está constantemente devorando o mesmo tipo de informação, mude-a. Busque por outros tipos de assuntos com os quais você não está familiarizado e extraia insights com potencial de conexão. Pode não ser importante agora, mas quem sabe que portas se abrirão? Esteja preparado para quando as oportunidades surgirem.

Faça do aprendizado um hábito.

“Educação é o que as pessoas fazem para você e aprender é o que você faz por si mesmo. O que precisamos aprender é como aprender”. – Joi Ito

Desenvolver a capacidade de aprender a aprender e principalmente absorver coisas novas e aplicar essas aprendizagens em diferentes cenários e ambientes é muito mais valioso, ou está se tornando mais valioso, do que ter muito conhecimento que acaba ficando guardado. Há sempre algo que podemos aprender que melhorará a maneira como levamos nossas vidas e realizamos nosso trabalho.

Aplique o que você aprendeu

Aprender é melhorar a maneira como você vive e toma decisões. Colocar os conhecimentos em atividades práticas é essencial para torná-los ainda mais eficientes. Além disso faz com que as informações sejam assimiladas com mais rapidez e eficácia. Por isso, podemos afirmar que a prática tem um papel fundamental no aprendizado.

Compartilhe o que você aprendeu

Quando entendemos a força desse hábito de compartilhar conhecimento, estamos contribuindo para que as pessoas ao nosso redor, que também precisam desse conhecimento, não parem de aprender aumentando o seu nível de realização com o trabalho por estar ajudando e influenciando outras pessoas.

E quanto a você?

Como está sua vontade de aprender?